Pular para o conteúdo Pular para o menu de tradução

Última modificação: setembro 27, 2023

Política nº 3214 Não discriminação e assédio sexual

O Distrito Escolar Municipal de Provo não discrimina intencionalmente com base em raça; cor; religião; idade; nacionalidade; orientação sexual; expressão ou identidade de gênero; deficiência, ou qualquer outra classificação protegida por lei, na admissão ou acesso a, tratamento ou emprego em, ou participação em seus programas e atividades, e fornece acesso igualitário aos Boy Scouts of America e outros grupos de jovens designados, de acordo com as leis federais e estaduais, incluindo, mas não se limitando a, Título VI e VII da Lei de Direitos Civis, Título IX da Emenda Educacional de 1972, Seção 504 da Lei de Reabilitação de 1973, Título II da Lei dos Americanos com Deficiência de 1990 e a Lei de Melhoria da Educação de Indivíduos com Deficiência.

Dúvidas ou reclamações relativas a esta política de não discriminação e assédio sexual podem ser dirigidas a um aluno ou funcionário, diretor ou supervisor e/ou aos District Compliance Officers designados. Foram estabelecidos procedimentos de reclamação para alunos, pais/responsáveis ou funcionários que acreditem que o Distrito Escolar Municipal de Provo tenha demonstrado discriminação. Os District Compliance Officers são:

Para assuntos estudantis

Doug Finch

Superintendente Assistente de Serviços ao Aluno

Distrito escolar da cidade de Provo

280 West 940 North

Provo, Utah 84604

(801) 374-4631

Para assuntos de funcionários

Jason Cox

Superintendente Assistente de Recursos Humanos

Distrito escolar da cidade de Provo

280 West 940 North

Provo, Utah 84604

(801) 374- 4822

Nada na política ou no procedimento proíbe uma pessoa de registrar uma queixa de discriminação e/ou assédio junto ao Escritório Regional de Direitos Civis: Department of Education, Region VIII, Federal Office Building, 1244 Speer Blvd., Suite 300, Denver, CO 80204.

O superintendente é orientado a criar um procedimento que documente claramente o processo de reclamação para esta política, um formulário de relatório que pode ser usado para documentar reclamações de discriminação e/ou assédio sexual, um resumo desta política e procedimento que deve ser afixado em locais de destaque em cada instalação do distrito e uma "versão resumida" desta política que pode ser usada em correspondências, boletins informativos e outras publicações do distrito.

Aprovado pelo Conselho de Educação

11 de agosto de 2015

Procedimentos e formulários

pt_BRPortuguês do Brasil